Cada vida é sensível ao amor ...

Subscribe:

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

De lugar em lugar venho pairando, Na mais plena acepção do termo querendo Existir e ansiando ver quebrada Minha vítrea prisão: só não desejo Com quanto vi'té agora ir confundir-me. Um segredo porém vou confiar-te: Ia seguindo o rastro a dois filósofos! Escutei-os, ouvi-lhes: Natureza! Natureza! - Perder não quero a pista; Devem bem conhecer da terra a essência, E talvez é possível que eu descubra Que alvitre para mim será mais próvido. (Uma das falas do Homúnculo, no Fausto de Goethe)

0 comentários:

Postar um comentário

Sensibilidade da vida ...

Cada vida é sensível ao amor. As expressões de vida mais inconscientes como as flores e as árvores compreendem se as amamos ou não ... Fada do Amor!!

Silfos

Silfos
"Eu vos saúdo, Silfos, Que constituís a representação do ar e dos ventos, Portadores das mensagens para toda a terra, Eu deposito em vós a minha imensa confiança, Pois meus pensamentos são sempre positivos, Voltados para o amor de todas as coisas existentes. Fazei de mim a imagem do esplendor da luz. Fazei deste pensamento, meu milagre! Mestres do ar, Eu vos saúdo fraternalmente." Fada do Amor!