Cada vida é sensível ao amor ...

Subscribe:

domingo, 4 de maio de 2014

Arquétipo Curador

O arquétipo do Curador é uma estrutura mítica universal, que todos os seres humanos têm dentro de si. Entre as culturas indígenas, esse símbolo apoia o princípio de prestar atenção ao que tem coração e significado. Os Curadores, nas maiores tradições, reconhecem que o poder do amor é a mais poderosa energia de cura de que o Ser humano dispõe.
O Curador efetivo, em qualquer cultura, é aquele que estende os braços do amor: reconhecimento, aceitação, consideração, valor e gratidão.
Os Curadores de qualquer tradição são pessoas naturalmente capacitadas na arte de reconhecer. Estão plenamente convencidos de que o maior remorso é o amor que não se manifestou. Provavelmente, o mais poderoso exemplo contemporâneo de alguém que cura através do amor incondicional é Madre Tereza de Calcutá. Nas tradições xamânicas ela seria chamada de mulher de remédio.
Pessoa madura: coração tão firme como uma pedra, coração tão forte como o tronco de uma árvore. Nobre face, sábia face; Senhor/senhora dessa face Senhor/senhora de seu coração. Maturidade: nobre face, firme coração.
"O amor consiste nisso, em duas solidões que se protegem, tocam e saúdam uma à outra"

0 comentários:

Postar um comentário

Sensibilidade da vida ...

Cada vida é sensível ao amor. As expressões de vida mais inconscientes como as flores e as árvores compreendem se as amamos ou não ... Fada do Amor!!

Silfos

Silfos
"Eu vos saúdo, Silfos, Que constituís a representação do ar e dos ventos, Portadores das mensagens para toda a terra, Eu deposito em vós a minha imensa confiança, Pois meus pensamentos são sempre positivos, Voltados para o amor de todas as coisas existentes. Fazei de mim a imagem do esplendor da luz. Fazei deste pensamento, meu milagre! Mestres do ar, Eu vos saúdo fraternalmente." Fada do Amor!