Cada vida é sensível ao amor ...

Subscribe:

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Alma

Sílfides: Representação de Ariel e Prospero,
da obra A Tempestade, de Shakespeare. Pintura de William Hamilton
Um pouco de filosofia:
"A sabedoria é o ato da inteligência que se desvia das coisas debaixo e conduz a Alma para as do alto. Assim, a Alma, uma vez purificada, torna-se uma Forma (Ideia) e uma Razão: torna-se totalmente incorporal, intelectual e pertence inteira ao Mundo Divino, no qual está a origem da beleza e do qual provêm todas as coisas belas. Portanto, uma Alma elevada ao nível da Inteligência é ainda mais bela, pois a Inteligência e o que dela provém são, para a Alma, uma beleza própria e não estranha, pois só então a Alma é realmente uma Alma. Por isso se diz com razão que, quando a Alma se torna algo bom e belo, torna-se semelhante a Deus, pois de Deus provêm toda a beleza e todo o bem que há nos seres." (Plotino, Sobre o Belo)

0 comentários:

Postar um comentário

Sensibilidade da vida ...

Cada vida é sensível ao amor. As expressões de vida mais inconscientes como as flores e as árvores compreendem se as amamos ou não ... Fada do Amor!!

Silfos

Silfos
"Eu vos saúdo, Silfos, Que constituís a representação do ar e dos ventos, Portadores das mensagens para toda a terra, Eu deposito em vós a minha imensa confiança, Pois meus pensamentos são sempre positivos, Voltados para o amor de todas as coisas existentes. Fazei de mim a imagem do esplendor da luz. Fazei deste pensamento, meu milagre! Mestres do ar, Eu vos saúdo fraternalmente." Fada do Amor!